01/01/2017

“Se eu morrer agora, morrerei feliz”, diz jovem momentos antes de sofrer infarto fulminante

Por | - 16:33
✍Da redação ODN - Os Donos da Notícia



Por: Wania Pinheiro,

Domingo, 01 de Janeiro de 2017

O corpo de Hermann está sendo elado na capela São João Batista e seu sepultamento está marcado para acontecer as 14:30, neste domingo._

Hermann sofreu um ataque fulminante no coração/Foto: Cedida
Amigos e familiares de Hermann Alec Rivera Lobato Tezza, 19 anos, ainda não acreditam no que aconteceu nesta madrugada de ano novo, quando o jovem estava comemorando a chegada de 2017 em sua residência e sofreu um ataque fulminante no coração.

Ele era filho do advogado João Tezza e da massoterapeuta Soraia Lobato.Hermann tomava banho de piscina e brindava com amigos quando sofreu o ataque que lhe tirou a vida. Ele ainda foi socorrido por uma ambulância do Samu, mas chegou morto no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).Bruno Melo Borges, 24 anos, era um dos melhores amigos de Hermann. Ele conta que o jovem estava muito feliz. “Estava com uma felicidade extrema, tão feliz que disse que se morresse naquela naquele momento não teria problema nenhum”, disse Bruno à ContilNet.



Eduardo Namen de Souza conta que conhecia Hermann desde pequeno. “Quando ele tinha dois anos passou um tempo no Peru e voltou falando espanhol. Era um rapaz muito inteligente, um devorador de livros, gostava de ler tudo”, lembra Eduardo.Hermann Tezza tinha concluído o ensino médio e estava se preparando para ser médico. “Com a inteligência que ele tinha podia ser médico, filósofo, o que ele quisesse”, diz o amigo Bruno.

O corpo de Hermann está sendo velado na capela São João Batista, localizada na rua Antonio da Rocha Viana. Seu sepultamento está marcado para acontecer as 14:30, neste domingo (1).O corpo de Hermann esta sendo velado na capela São João Baitsta¹Foto:

Inf:Os donos da  Noticia

COLUNISTAS