Adolescente de 16 anos é morto a tiros em praça de Rio Branco - Alerta Acre

Alerta Acre

O seu Portal de Notícias

Ultimas

domingo, 2 de abril de 2017

Adolescente de 16 anos é morto a tiros em praça de Rio Branco

O aolescente Walefe Diniz de Azevedo, de 16 anos, foi morto a tiros na noite de sábado (1º), no bairro Manoel Julião, em Rio Branco. Segundo informações da polícia, ele estava sentado em um banco da Praça Primavera quando foi surpreendido por vários disparos de arma de fogo e acabou atingido.

Moradores do local, que preferiram não ter os nomes revelados, contaram que o adolescente chegou a andar cerca de 100 metros após ser baleado e caiu em uma das esquinas da praça.

Adolescente foi morto a tiros neste sábado (1º) em Rio Branco (Foto: Arquivo pessoal)

O delegado que investiga o caso, Rêmulo Diniz, afirmou que, segundo o que foi apurado até o momento, dois suspeitos teriam cometido o crime. As causas do homicídio ainda estão sendo investigadas, bem como a identificação dos autores.

"Ele estava sentado nessa praça quando dois homens que estavam em uma motocicleta teriam se aproximado e começaram a efetuar os disparos contra o adolescente e contra outras pessoas que estavam conversando na praça. Não foi registrado se mais pessoas ficaram feridas", disse o delegado Diniz.

Esse foi o segundo homicídio registrado no bairro Manoel Julião em menos de oito horas. O ex-presidiário Claudevir Moreno, 37 anos, morreu no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), após ser atingido por ao menos três disparos de arma de fogo na tarde de sábado (1º). A polícia acredita em execução.

Mortes de Janeiro a março em Rio Branco

A capital acreana, Rio Branco, registrou 39 mortes violentas no mês de março. A maioria das mortes foi por ferimento de arma de fogo. As informações são do Instituto Médico Legal (IML) da capital acreana.

Em janeiro, 29 vítimas morreram por disparo de arma de fogo. Desse total, quatro morreram durante confronto com a polícia. Os outros oito crimes foram praticados com arma branca. Já em fevereiro, dos 20 assassinatos registrados, 16 foram com arma de fogos, os demais com arma branca e três pessoas morreram em confronto com a polícia.

Fonte: G1 Acre

Post Bottom Ad