Confusão entre irmãos termina em tortura e morte na zona rural de Brasiléia - Alerta Acre

Alerta Acre

O seu Portal de Notícias

Ultimas

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Confusão entre irmãos termina em tortura e morte na zona rural de Brasiléia



A fronteira do Acre neste domingo, dia 2 de abril, registrou mais um homicídio. Desta vez foi no município de Brasiléia, envolvendo uma confusão entre irmãos que terminou na morte do cunhado que se encontrava na zona rural, cerca de 45km da cidade com acesso pelo ramal localizado no km 19 da Estrada do Pacífico.



Segundo foi apurado com Daniel da Silva Pereira (29), um dos irmãos que foi preso após o incidente no km 26 da mesma BR, este estaria na companhia do irmão com o nome de Isaque. Os dois resolveram procurar Isaias (outro irmão) para que explicasse um suposto sumiço da quantia de R$ 15 mil reais, que teria pego num empréstimo no nome da mãe. Daniel que estava com um revolver na companhia de Isaque, teriam se deslocado até o Bairro Marcos Galvão a procura de Isaias e tinham como meta, matar o irmão que não foi encontrado, mas, souberam que estaria na colônia localizada no ramal do km 19.

Como estavam de moto, se deslocaram até a colônia no período da manhã chegando por volta das 11h00. Ao ver os irmãos, Isaias percebeu que estavam armados e correu para dentro do mato temendo pela sua vida. Daniel percebeu que o cunhado, Gilvan Gomes da Silva (38) estava no local e guardava mágoa por presenciar maus tratos praticados contra sua irmã, ao ponto de ter cortado os cabelos utilizando uma faca a cerca de um ano meio atrás.


Foi quando Gilvan também resolveu fugir, mas foi atingido com numa das pernas e caiu no mato carca de 120 metros da casa. Este foi alcançado por Daniel e Isaque, onde foi amarrado e passou por uma sessão de tortura, sendo espancado com pedaço de pau e o corpo riscado com um canivete. Gilvan não resistiu ao espancamento e ao tiro que acertou sua veia femoral da perna esquerda, que fez com perdesse muito sangue no local, indo a óbito no meio do mato. Não satisfeitos, Isaque e Daniel retornaram para a casa, onde estava a irmã e parentes da vítima.

Por cerca de duas horas ao menos, a irmã foi torturada e outra vez, teve o seu cabelo cortado com faca pelos irmãos, pelo fato de defender o esposo. Um irmão da vítima também teria sido espancado pelos irmãos e sofreu ferimentos pelo corpo. Uma terceira pessoa estava no local está sendo procurada juntamente com Isaque. Quando foram embora, ainda tentaram atear fogo em uma moto que estava no local para que ninguém tentasse buscar ajuda e denunciasse o caso na cidade.

Os feridos foram levados ao hospital para realizar exames de corpo delito. O corpo foi levado para o IML na capital e Daniel está numa das celas da delegacia de Brasiléia. Os policiais civis e militares que estiveram no local, deverão voltar para procurar o revolver que Daniel disse ter jogado num açude da localidade.

Via: oaltoacre

Post Bottom Ad