16/05/2017

TJ adia para 7 de junho Jurí Popular de acusado de matar cabo da PM

Por | - 11:13

Por Redação Folha do Acre
16 de maio de 2017

O Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) adiou a data do Júri Popular de Kennedy Silva, acusado de matar o policial militar Alexandro Aparecido durante abordagem policial em Rio Branco, em agosto de 2016.



De acordo com a assessoria do TJ, o júri foi remarcado para o dia 7 de junho “por necessidade” do Judiciário.

“O juiz do caso precisará viajar, mas já remarcou o júri para não prejudicar o andamento do processo”, disse a assessoria.

Entenda o caso

O cabo da Polícia Militar foi morto em agosto de 2016 com tiro no pescoço após suspeitos reagirem a abordagem. O acusado tem mais de 20 passagens pela polícia, de acordo com levantamento.

Conforme o TJ, a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Acre (MP-AC), em 8 de setembro de 2016, apontou Magalhães como o responsável por cometer homicídio qualificado.

Porém, o exame de residuográfico não detectou partículas de chumbo nas mãos do acusado de efetuar disparo contra o policial. Mesmo assim ele foi denunciado pelo MP e irá a Júri Popular.

COLUNISTAS