07/02/2018

,

Após ataque, Papudinha será desativada e presidiários do Semi Aberto irão retornar ao Regime Fechado.

Por | - 12:01
A informação foi confirmada pelo Diretor do Instituto de Administração Penitência (Iapen), Aberson Carvalho, na manhã desta quarta-feira (07), após uma reunião com a juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campus e o Secretário de Segurança, Emylson Farias.



Com o incêndio causado pelos presos, após o ataque há dois integrantes do Comando Vermelho, mortos por disparos de arma de fogo na saída da unidade, o prédio ficou sem condições de uso e a decisão tomada pelas autoridades é de que os 320 detentos do semi aberto regridam de pena e voltem ao regime fechado. A medida durará até a chegada das toenozeleiras eletrônicas

"A unidade após o incêndio foi dada como perdida e nós em contato com o poder judiciário, a doutora Luana Campus está tomando a decisão agora de que todos os que estão em regime semi aberto sofrerão a regressão de pena e retornarão para o presídio Francisco de Oliveira Conde, disse o diretor do Iapen.

A previsão é de que ainda nesta semana chegue a encomenda feita pela secretaria de segurança das toenozeleiras eletrônicas e após uma análise do perfil de cada preso, que estava no regime semi aberto, cada um irá passar a ser monitorando 24hs através do equipamento. Com isso, a unidade e o regime semi aberto passará a ser extinto definitivamente.

(Lília Camargo)

COLUNISTAS