Ministério público faz pedido que pode suspender eleições da CBF - Alerta Acre

Alerta Acre

O seu Portal de Notícias

Ultimas

terça-feira, 3 de abril de 2018

Ministério público faz pedido que pode suspender eleições da CBF



O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu à Justiça que anule alterações no estatuto da CBF antes da eleição de Rogério Caboclo, marcada para o dia 18 de abril. Se isso ocorrer, a ascensão do dirigente, parte de chapa única construída por articulação de Marco Polo Del Nero, pode ser suspensa por período indeterminado. O pedido consta em uma ação civil pública movida pelo MP-RJ com o objetivo de anular alterações no estatuto da CBF que aumentaram o peso do voto das federações, e foram fundamentais para que Del Nero articulasse a candidatura única de Caboclo.


A ação, atualmente, está nas mãos do juiz, que deve decidir se concede ou não liminar anulando o estatuto e afastando a atual diretoria da entidade – o MP pede que, caso não considere o afastamento necessário, o juiz ao menos suspenda os efeitos do estatuto (e, como consequência, as eleições) até o julgamento definitivo do processo. A mudança que motivou a atitude do ministério ocorreu em março do ano passado, quando a CBF passou a dar peso 3 para as federações estaduais, 2 para clubes de Série A e 1 para os de Série B. A alteração foi decidida em uma reunião sem a presença dos clubes e passou a ser contestada na Justiça.
Com informações de UOL Esporte 
Adaptado por Jardesson Lopes 

Post Bottom Ad